Sustentabilidade

Compostagem na Fazenda Olhos DÁgua

Em preocupação com o meio ambiente e em tornar toda a experiencia da fazenda o mais natural possível, a Fazenda Olhos D’Águareaproveita a maior parte dos resíduos orgânicos para fazer o processo de compostagem. Ficamos orgulhosos em contribuir para a diminuição dos resíduos destinados a aterros sanitários e emissão de gases nocivos ao planeta, além de alimentarmos nossos animais com alimentos mais naturais e adubarmos nossa horta e outras plantas com insumo natural.

A importância da compostagem para o meio ambiente

Segundo dados do IPEA, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o material orgânico corresponde a cerca de 52% do volume total de resíduos produzidos no Brasil e tudo isso vai parar em aterros sanitários, onde são depositados com os demais e não recebem nenhum tipo de tratamento específico.

compostagem traz muitas vantagens para o meio ambiente e para a saúde pública, seja aplicada no ambiente urbano (domésticos ou industriais) ou rural. A maior vantagem que pode ser citada é que, no processo de decomposição da compostagem, ocorre somente a formação de dióxido de carbono ou gás carbônico (CO2), água (H2O) e biomassa (húmus). Por se tratar de um processo de fermentação que ocorre na presença de oxigênio (aeróbico), permite que não ocorra a formação de gás metano (CH4), gerado nos aterros por ocasião da decomposição destes resíduos, que é altamente nocivo ao meio ambiente e muito mais agressivo, pois é um gás de efeito estufa cerca de 25 vezes mais potente que o gás carbônico – e mesmo que alguns aterros utilizem o metano como energia, essas emissões contribuem para o desequilíbrio do efeito estufa, influência humana potencialmente determinante das mudanças climáticas.

Adicionalmente, ao diminuirmos a quantidade de lixo destinado aos aterros, haverá, por consequência, uma economia nos custos de transporte e de uso do próprio aterro, ocasionando o aumento de sua vida útil. Outra vantagem é a redução do lixo produzido.

Além de tudo que percorremos até aqui, a compostagem promove a valorização de um insumo natural e ambientalmente seguro, adubo orgânico, atuante sobre a reciclagem dos nutrientes do solo e no reaproveitamento agrícola da matéria orgânica, assim evitando o uso de fertilizantes inorgânicos, formados por compostos químicos não naturais, cujos mais comuns levam em sua composição substâncias como nitrogênio, fosfatos, potássio, magnésio ou enxofre , cujos efeitos, sobretudo os fertilizantes nitrogenados, se apresentam igualmente nocivos ao desequilíbrio do efeito estufa. Também é possível mencionar os riscos que esses fertilizantes podem trazer devido à presença de metais pesados em sua composição.

Fonte: https://www.ecycle.com.br/2368-compostagem

Horta orgânica e a alimentação dos animais

Para nós é muito importante manter todos os processos da fazenda o mais natural possível, por isso, nos preocupamos em manter nossa horta orgânica, livre de compostos químicos, agrotóxicos, fertilizantes inorgânicos. 

O produto orgânico não é apenas um produto cultivado sem o uso de adubos químicos e agrotóxicos. É um produto limpo, saudável, que provém de um sistema de cultivo que observa as leis da natureza e todo o manejo agrícola está baseado no respeito ao meio ambiente e na preservação dos recursos naturais. A agricultura orgânica promove a fertilidade do solo, a conservação dos recursos naturais e o aumento da biodiversidade.

A Fazenda Olhos D’Água realiza a alimentação dos animais com verduras e frutas de produção própria, demonstrando o reaproveitamento dos produtos da Fazenda, o que evita qualquer desperdício, além de favorecer uma nutrição natural e saudável para os animais.

As aves recém nascidas, marrecos, pintinhos e franguinhos, porquinhos da índia, calopsitas, pássaro ring neck, e roselas são alimentadas de forma natural até atingirem a fase adulta ou até serem soltas na fazenda.

Preservação da mata nativa

Preocupados em manter a biodiversidade natural da região da fazenda, mantemos mais de 50% de mata nativa, graças a isto conseguimos manter espécies naturais da região e sazonais como as aves de rapina Águia Pescadora (Pandion Haliaetus), estas são oriundas da América do Norte e migram para a América do Sul e Central, aparecendo no Brasil de Setembro a Outubro e permanecendo até Abril, Maio. Capazes de deslocar de 5 a 15 mil km de sua área reprodutiva até o local de invernagem. Podem voar por mais de 40h consecutivas quando voam sobre o oceano.

Por estas e outras maravilhas da natureza, tanto da fauna quanto da flora que nossa preocupação é manter a riqueza natural já existente.

Energia Fotovoltaica

Energia renovável, esta é uma grande preocupação da atualidade (com absoluta razão), abandonar as fontes não renováveis e criar novas fontes renováveis, assim como o a energia fotovoltáica, adquirida através da energia solar. 

Foi pensando nisso que investimos em uma nova rede elétrica, com instalações novas e reforço de cargas para atender a nova demanda da fazenda, além da instalação de um sistema próprio de geração de energia, o sistema fotovoltaico.  Esta energia é uma das formas de energia mais limpa, mais abundante e mais confiável. Este tipo de energia é livre de geração de gases de efeito estufa, os principais responsáveis pelas mudanças climáticas.

Diferente da geração termoelétrica ou nuclear, onde gases e resíduos são gerados, a energia solar é limpa. Outro ponto importante é a não necessidade de desmatamento ou alagamento de grandes áreas, fatores recorrentes em construções de grandes usinas hidroelétricas. Além disso, a energia do sol é renovável e inesgotável. Ou seja, com o sistema fotovoltaico você evita a emissão de dióxido de carbono passando a contribuir para a redução das mudanças climáticas e a segurança energética das futuras gerações.